Prefeitura Municipal

Nova Lima-MG






Nossa Cidade

ESTATÍSTICAS E INFORMAÇÕES



DADOS GERAIS



Fundação: 1701

Adjetivo pátrio: nova-limense

Área: 428,45 km² (Fonte: IBGE, Censo 2000)

Distância da capital: aproximadamente 22 km

Rodovias que servem o município: MG-030 e BR-040



INDICADORES DEMOGRÁFICOS



População: 72.207 habitantes (Fonte: IBGE, Censo 2007)

O Índice de Desenvolvimento Humano de Nova Lima (IDH) é 0,821.



Crescimento da população nos últimos 10 anos:

1996 – 56.960

2007 – 72.207

Fonte: IBGE



Clima: Temperatura: média anual: 21,1° C. Média mínima anual: 16,7° C. Média máxima anual: 27,1° C

Fonte: Instituto de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais





A CIDADE



Distante da capital mineira 22 km, o município de Nova Lima completou, no dia 5 de fevereiro, 307 anos de fundação e 117 de emancipação.



O povoamento de Nova Lima iniciou-se com a mineração de ouro, quando, em 1701, o bandeirante paulista Domingos da Fonseca Leme instalou-se na região. Com a descoberta de novos veios de ouro, a atividade minerária atraiu outras expedições para o arraial.



Até receber o nome atual, Nova Lima teve outras denominações: Campos de Congonhas, Congonhas de Sabará e Vila Nova de Lima. A localidade passou a chamar-se Nova Lima somente em 1923.



Nova Lima consolida-se, hoje, como um importante pólo de serviços e de comércio, que promove o crescimento econômico do município e mais empregabilidade aos cidadãos.



A cidade é considerada perfeita para novos negócios que priorizam características atrativas, como localização e clima ameno, que resultam em excelente qualidade de vida e propiciam desenvolvimento com sustentabilidade.



AVANÇOS



Uma das grandes ações da Prefeitura foi a elaboração de um Plano Diretor que define o crescimento e o rumo do desenvolvimento que a cidade deverá tomar.



Nova Lima tem alcançado uma rápida expansão urbana, em razão do crescimento imobiliário, do surgimento de vários condomínios e da instalação de novas empresas no município.



A cidade tem-se destacado pelo patrimônio histórico cultural, pela localização privilegiada, pelos recursos naturais expressivos e excelente qualidade de vida.



Esses fatores e a segurança oferecida atraem turistas de diferentes lugares para Nova Lima.



DESENVOLVIMENTO



Com a expansão econômica da Região Sul de Belo Horizonte em direção a Nova Lima, a verticalização de condomínios residenciais aumentou, principalmente na região Vila da Serra. Em decorrência desse avanço, a cidade iniciou o planejamento ordenado de seu crescimento.



O desenvolvimento do comércio na região Vila da Serra bem como a disponibilização de vários tipos de serviços voltados para o atendimento à população – principalmente hospitais, hotéis, escolas e restaurantes – têm garantido ao município não só a geração de recursos mas também de novos empregos para os nova-limenses.



As regiões de São Sebastião das Águas Claras – Macacos –, do Jardim Canadá e do Vale do Sol foram inseridas nos roteiros gastronômicos do mapa turístico mineiro, em razão das excelentes opções de restaurantes, pousadas e lazer.



Diante dessas novas características, da privilegiada geografia e, principalmente, do potencial que a cidade tem a oferecer, pois 70% de seu território estão passíveis de ocupação, Nova Lima é uma cidade pronta para receber o desenvolvimento planejado.



Domingos Rodrigues da Fonseca Leme descobriu o rico Ribeiro do Campo (hoje Ribeirão do Cardoso), em data anterior ao ano de 1700. No encontro daquelas águas com as do Ribeirão dos Cristais, surgiu o Arraial das Congonhas, construído pelos mineradores do ouro.



HISTÓRICO



O Arraial passou a denominar-se Ribeiro do Campo, sendo referido também, em documentos, como Ribeirão das Congonhas.



Há fortes indícios de que a revelação de ocorrências de ouro em seu leito, conforme determinação real, não fora praticada, senão no ano de 1700, quando da visita do Governador da Província (que compreendia o Rio de Janeiro, São Paulo e as Minas Gerais), Arthur de Sá e Menezes.



Após a elevação de Sabará à condição de Vila, em 1714, o Arraial das Congonhas passou a chamar-se Congonhas do Sabará e era um “Termo” da Comarca. "Termo" correspondia à "Freguesia", naquela época, ou ao município de hoje.



Mudança de nome



Pelo Decreto n.º 364, de 5 de fevereiro de 1891, Congonhas do Sabará passava a denominar-se Vila Nova de Lima e anexava-se à freguesia de Santo Antônio de Rio Acima.



A Lei n.º 319, de 16 de setembro de 1901, incorpora o Distrito de Piedade do Paraopeba à sua área municipal. Pela Lei n.º 843, de 7 de setembro de 1923, o município é rebatizado com o nome de Nova Lima.



Em 1938, Nova Lima perde o distrito de Piedade do Paraopeba e adquire Raposos. Essa comarca foi instituída pelo Decreto-Lei nº 148, de 17 de dezembro de 1938.



Afinal, em 1948, os distritos de Raposos e Santo Antônio do Rio Acima ganham a sua autonomia e se desmembram de Nova Lima, deixando-a como hoje está. O nome da cidade é uma homenagem ao Dr. Augusto de Lima, escritor e poeta, que foi também governador do estado de Minas Gerais.



Pesquisa: CAT (Centro de Atendimento ao Turista). Endereço: Rua Santa Cruz, n° 200 Centro / Tel.s: (31) 3581-8423; (31) 3581-8438. E-mail: turismo@pnl.mg.gov.br.

Textos editados com base em informações cedidas pelo Departamento de Turismo. Reprodução dos textos autorizada também pelo departamento.

Fonte: VILLELA, Bráulio Carsalade – acervo do Departamento Municipal de Turismo (Adaptação)





DADOS GEOGRÁFICOS



Vegetação: campos de altitude, Mata Atlântica em transição para o cerrado e outros.

Relevo: Montanhoso.

Região do estado:

Macrorregião – metalúrgica

Microrregião – metropolitana da capital





Nova Lima possui cerca de 112 bairros, com a seguinte distribuição: 55 bairros dentro da sede, que concentram 70% de sua população, e 57 bairros fora, com os restantes 30% da população.



Altitude média: 722 m (Rio das Velhas). O ponto mais elevado é a Serra do Cachimbo, com 1.583 m (altura máxima).

Fonte: Instituto de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais





HIDROGRAFIA



Águas

Rio das Velhas, Ribeirão dos Cristais/Mutuca, Ribeirão Água Suja/Cardoso, Ribeirão dos Macacos, Ribeirão Cambimbe, Córrego Rio de Peixe, Córrego Cubango, Córrego Catumbi ou Papa Milho, Córrego Queiroz e Córrego Bela Fama.

Fonte: PLANO de Revitalização das Águas de Nova Lima –



Prefeitura de Nova Lima, Vale do Rio Doce (Minerações Brasileiras Reunidas) e AngloGold.





MATAS

Mata do Jambreiro, Mata do Espírito Santo, Mata do Parque Municipal Rego dos Carrapatos, Mata Samuel de Paula, Mata do Mutuca, Mata do Tumbá, Mata Vargem do Lima, Mata do Faria, Mata dos Fechos, Mata do Capão, Mata Capitão do Mato.





Parques

Parque Municipal Rego dos Carrapatos e Parque Estadual Serra do Rola Moça.



Minerações

Extração de minério de ferro

Mineração Rio Verde, Mina do Tamanduá e Mina Capitão do Mato.





Lagoas e lagos

Lagoa da Codorna, Lagoa dos Ingleses, Lagoa Água Limpa e Lagoa do Miguelão

Nova Lima,
Busca

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba boletins informativos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.

Qual a maior conquista que o trabalhador comemora no Dia do Trabalhador?
Criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)
Criação da Lei da Empregada Doméstica (Lei 5.859)
Criação do Fundo de Garantia (FGTS)
Criação do Fundo de Garantia (FGTS)
Avanços na luta por melhorias de trabalho

Veja o resultado


Total de visitantes
1
2
1
8
2
5